Buscar no site:

Cinco dicas para fazer bom proveito do período de aviso prévio

Você acabou de ser demitido ou de pedir demissão de uma empresa e, finalmente,
o período do aviso prévio, que pode chegar a 90 dias, chegou ao fim. Você e o seu
gestor conseguiram lidar com alguma tranquilidade com a situação, porém, é necessário
tomar algumas atitudes para finalizar a sua trajetória no seu antigo emprego sem
maiores traumas. O site de empregos americano Glassdoor listou cinco ações essenciais
para evitar futuros problemas, após o vencimento de seu aviso prévio:

1. O que checar no setor de recursos humanos: Obtenha cópias de todos os acordos que
assinou enquanto trabalhava. Eles podem ter informações importantes sobre os benefícios
que você deve receber ao sair da empresa ou estipulações sobre o que pode ou não fazer.
Por exemplo, você pode ter assinado um contrato de não concorrência que o impeça de trabalhar
para um concorrente por um determinado período de tempo depois de sair. O RH também terá
informações sobre algum plano de previdência que você tenha assinado enquanto estava
empregado e informará se é possível continuar a investir nele, mesmo depois de entrar
em outra empresa. E por último, mas talvez mais importante, você deve se informar sobre o
seu provedor de seguros. Por lei, uma vez que você deixar a empresa, seu provedor deve
oferecer a possibilidade de estender sua cobertura de seguro-saúde atual até um certo
tempo, pagando determinada taxa normalmente maior do que você estava pagando através de
seu empregador. Se você não tem outro emprego alinhado ou enfrenta algum período de tempo
sem cobertura de seguro-saúde, isso pode ser importante.

2. Deixe o seu trabalho em ordem e, assim, uma boa imagem: Lembre-se: mesmo que
você esteja saindo, todos os seus colegas e chefes estão ficando para trás. É bom
que eles fiquem com uma boa imagem sua, após a sua saída. Afinal, nunca se sabe do
futuro, você pode trabalhar com eles novamente ou querer usá-los como referência em
uma outra corporação. O primeiro passo é organizar todo o seu trabalho, de modo que
consiga deixar o máximo possível pronto, antes de sair. É legal também listar todos os
projetos pendentes, em ordem de importância. Se você deixar uma pilha enorme de trabalho,
desorganizado e inacabado para seus ex-colegas, pode ter certeza de que não será muito querido por eles.

3. Obtenha referências: É essencial obter referências de colegas importantes, para deixar clara
a sua boa relação com a equipe. Enquanto você ainda está entre eles é mais fácil lembrá-los. Uma
vez que você saiu, pode ser difícil obter as referências e recomendações.

4. Não estrague a sua trajetória na saída: Você pode ter o desejo de contar para o recursos humanos
o que realmente pensa da empresa, do chefe e dos colegas durante a entrevista de saída, mas resista
a essa vontade a todo custo. Você pode pensar que está fazendo algo de bom, mas está apenas se
prejudicando. No momento do desabafo, o sentimento vai ser positivo, mas o arrependimento virá no
momento seguinte. Invoque a maturidade e o equilíbrio para evitar este grande erro. A partir do
momento em que você está deixando a empresa, o RH vai imaginar que o seu ponto de vista está
afetado por esse baque. O setor entenderá que você não tem maturidade e, assim, jamais será bem-vindo de volta.

5. Dê “Até logo!”: Escreva um e-mail para seus colegas de trabalho dizendo-lhes o quanto adorava
trabalhar com eles e desejando-lhes boa sorte no futuro. Certifique-se de não enviar este e-mail
para muitas pessoas — você não precisa se despedir do CEO da empresa, a menos que você tenha trabalhado
diretamente com ele. E tenha certeza de que não deixou ninguém importante de fora, a pessoa
pode se sentir menosprezada. O ideal é que deixe também suas informações de contato na parte
inferior do e-mail, caso algum colega queira te encontrar, até para indicá-lo para alguma oportunidade profissional.
Após tomar todas essas atitudes, só resta virar a página e partir para os seus novos projetos profissionais.

Tags de assuntos » , ,

Nenhum Comentário Para comentar clique aqui!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário

Siga-nos nas redes sociais:

  • Facebook RHFÁCIL

  • Linkedin RHFÁCIL

  • Grupos Yahoo RHFÁCIL

  • Twitter RHFÁCIL

Desenvolvido por MIMETISMO AGÊNCIA INTERNET.
Faça o site de sua empresa conosco!
Todos os direitos reservados à
RHFÁCIL Consultoria 2011-2012.