Buscar no site:

TENHO MAIS DE 40 ANOS…E AGORA?

 

 

Se você estivesse em 1816 provavelmente já estaria no final da sua vida. Mas o fato

é que a ciência dobrou a nossa expectativa de via. Tenho certeza que aos 35 a vida é plena.

Porém o “mercado” não visualiza assim.

Você tem mais de 40 anos? Está desempregado ou está com medo de perder o emprego?

Este artigo é para você. E entendo perfeitamente sua angústia.

Mas também este artigo é direcionado para todos os recrutadores do Brasil. É

também para todos os gestores do Brasil.

 

Quando você estava empregado e tinha o poder de decidir a quem contratar, como

lidava com candidatos com mais de 40 anos? Esta pergunta é importante. Muitas

vezes o discurso é diferente dependendo de qual lado do balcão você está.

A crença de um país é formada pela soma dos seus cidadãos. O Brasil é um País

que valoriza a “juventude”. Veja o número de academias. O consumo de cirurgias

plásticas. As capas das revistas. E tudo mais. Mentalidade oriunda da nossa educação

distorcida. Da nossa falta de civilidade, respeito e amor. Não falo de educação formal.

Falo de educação e formação no sentido mais amplo.

Como profissional de RH mesmo antes de muitas leis já contratei PCDs, idosos, ex-presidiários,

cabelos azulados, tatuados, entre outras “minorias”. Não pelas suas histórias ou aparências

mas sim pelas suas competências. É assim que muitas empresas e gestores precisam tratar

seleção. Como uma forma de promover a justiça social. Como anda a justiça social na

sua empresa?

Aqui vão algumas dicas para você, meu caro “idoso” (segundo a visão de muitas empresas)

para driblar os desafios do mercado de trabalho:

1. Bye bye multinacionais: acima de 40 somente se você for muito qualificado. Procure as

pequenas e médias empresas. As empresas familiares. São livres de tais crenças.

2. Esteja preparado para renegociar seus ganhos. Não é uma regra mas pode acontecer.

3. Se associe a grupos de emprego da sua cidade. Veja aqui e também no face. Acompanhe

religiosamente e diariamente. Faça adaptações no seu cv.

4. Muito cuidado com as suas atitudes durante os processos seletivos e também quando

conquistar o emprego. Muita gente não se adapta as pequenas e médias empresas. Dê o

mais adequado para o novo emprego. Com muita diplomacia. Talvez você será a pessoa

com maior qualificação na organização. Muito cuidado. Muita paciência. Muita sabedoria.

5. Um caminho alternativo também poderia ser montar o seu próprio negócio. Provisoriamente,

até o mercado melhorar ou em definitivo.

6. Contrate um mentor para ajuda-lo neste novo momento. Um coach com no mínimo 20 anos

de mercado.

7. Veja o seu histórico profissional. Recentemente visualizei uma pessoa aqui na rede reclamando

da situação discutida aqui. Fui ao seu perfil e verifiquei várias empresas com menos de 1 ano. E isto

não é uma boa história pra contar. E certamente terá muita dificuldade para se recolocar.

Na minha opinião, para cada panela uma tampa. O sol nasceu para todos. Navegue por onde

é possível. Como o surfista faz.

 

Desejo boa sorte a todos os meus irmãos brasileiros. Sorte e muito trabalho. Tenho a certeza

que escolhendo o caminho certo a prosperidade aparecerá.

 

Vou pedir licença. Tenho que comprar uma bengala nova e ir ao geriatra.

Ah! Leia o meu novo artigo chamado “Sem empregador pagou quanto?…Para você desistir

dos seus sonhos?”

Veja no link

http://www.linkedin.com/pulse/seu-empregador-pagou-quanto-para-voc%C3%AA-desistir-dos-seus-marcos-sim%C3%B5es?published=t

 

 

Marcos Simões

“Idoso” da área de RH.

Coach e Gestor de RH.

www.rhfacilconsultoria.com.br

Tags de assuntos » , , , , , , , , , , , , , , ,

Nenhum Comentário Para comentar clique aqui!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário

Siga-nos nas redes sociais:

  • Facebook RHFÁCIL

  • Linkedin RHFÁCIL

  • Grupos Yahoo RHFÁCIL

  • Twitter RHFÁCIL

Desenvolvido por MIMETISMO AGÊNCIA INTERNET.
Faça o site de sua empresa conosco!
Todos os direitos reservados à
RHFÁCIL Consultoria 2011-2012.