Buscar no site:

Um pedido prematuro de demissão pode prejudicar a sua carreira?

Começar num novo emprego, via de regra, causa enorme expectativa para o profissional. Mas, e se a empresa ou o cargo

não corresponderem ao que se esperava? Se, logo nos primeiros dias, o novo funcionário percebe que aquele trabalho

não é para ele? Pedir demissão logo no começo da trajetória na companhia pode prejudicar sua carreira? Peter Vogt,

colaborador do site canadense Monster, especializado em mercado de trabalho, dá algumas dicas para que essa decisão

seja tomada sem que a imagem do profissional seja afetada negativamente.

 

É sensato pensar que, se você sair depois de um tempo muito curto, é provável que enfrente consequências preocupantes:

- O seu novo chefe e colegas ficarão irritados: eles pensavam que poderiam contar com você e a sua saída os deixará

sobrecarregados e novamente com o encargo de buscar um novo profissional para a sua vaga.

 

- Você não vai trabalhar para a organização novamente: muitas empresas têm um “não elegíveis para recontratar”, que

é como uma “lista negra”, com pessoas que não serão mais bem-vindas na corporação.

 

- Você pode estabelecer um padrão de instabilidade: se você deixar este trabalho depois de algumas horas ou dias, será que não

entrará em um processo de insatisfação constante?

 

Mas há um outro lado desta questão. Ao sair logo de um trabalho com o qual não se identifica, você preserva a sua saúde psicológica,

emocional e até física. E em alguns casos, você pode argumentar que está salvando, a longo prazo, também a saúde psicológica,

emocional e física da entidade patronal.

 

A decisão é toda sua, mas se há o questionamento logo no início, provavelmente você está no caminho para o lado de fora da porta.

Você não estaria pensando tanto sobre isso se não estivesse inclinado a seguir adiante. O controle de danos, entretanto, é essencial,

para minimizar as consequências negativas da demissão precoce. Algumas atitudes colaboram para isso:

- Seu novo chefe deve ouvi-lo face a face. Ele merece ouvir uma explicação e os motivos pelos quais você está saindo. Este não é o

momento para uma carta, uma mensagem de e-mail, um telefonema ou, pior de tudo, simplesmente desaparecer.

 

- Seja completamente honesto: Você pode ficar tentado a inventar alguma mentira para justificar a sua saída, mas não faça isso.

A verdade é fundamental, não dê desculpas. Basta dizer a realidade e deixar claro que a sua permanência prejudicaria tanto você quanto a empresa.

 

- Comprometa-se a ficar na empresa até que alguém possa ser contratado: Keley Smith-Keller, diretor de um centro de desenvolvimento

de carreira, diz que tirou uma lição útil da história de um cliente. O rapaz pediu ao seu gestor para sair do emprego após apenas uma

semana. “Ele sentou-se com seu chefe e disse que notava que era a pessoa errada para aquele trabalho”, conta Smith-Keller.

“Ele se justificou dizendo que não achava honesto gastar mais recursos do empregador com treinamento. Então, ele se ofereceu

para ficar uma semana extra para que o gerente pudesse encontrar um substituto”. O tal cliente, segundo Smith-Keller, saiu do

emprego com uma análise relativamente positiva, e encontrou um outro emprego em um banco, onde ele diz estar muito mais feliz.

 

- Comprometa-se a pensar mais cuidadosamente: Smith-Keller também observa que é importante ouvir do chefe os argumentos que

ele tenha para que o empregado permaneça em sua função. E, além disso, de fato, pensar sobre eles.

Vogt conclui que a experiência de sair prematuramente de um emprego deve servir como lição. Buscar um aconselhamento profissional

pode evitar uma nova escolha errada. Essa atitude não é apenas boa para você, mas também para a pessoa que venha a lhe oferece uma

nova oportunidade.

 

Tags de assuntos » , , ,

Nenhum Comentário Para comentar clique aqui!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário

Siga-nos nas redes sociais:

  • Facebook RHFÁCIL

  • Linkedin RHFÁCIL

  • Grupos Yahoo RHFÁCIL

  • Twitter RHFÁCIL

Desenvolvido por MIMETISMO AGÊNCIA INTERNET.
Faça o site de sua empresa conosco!
Todos os direitos reservados à
RHFÁCIL Consultoria 2011-2012.